Análise SWOT em empresas: conheça os benefícios dessa estratégia

Aprenda já como utilizar a análise SWOT em empresas para otimizar os seus negócios!A análise SWOT não possui uma data determinada de sua origem. Mas especialistas da área do Marketing e Comunicação consideram que a análise foi criada pelos professores da Harvard Business School, Roland Christensen e Kenneth Andrews. Entretanto, a sua origem não é alvo de argumentos. O que é bastante discutido com relação a esse conceito, é a importância de conhecer os benefícios de utilizar a análise SWOT em empresas!

O que é a Análise SWOT?

A análise SWOT é uma estratégia de análise a fim de tomar decisões concretas e efetivas. A partir dela, você pode ter conhecimento completo sobre a sua empresa em diversos aspectos. Ela pode ser utilizada, também, para trabalhar a maneira de lançar um novo produto no mercado. Com isso, a partir da análise SWOT, esse novo produto lançado, por exemplo, tem maiores chances de ser um item de sucesso.

Portanto, ao utilizar a análise SWOT em empresas, os riscos no momento de tomar decisões são reduzidos.

O que significa SWOT?

As letras SWOT significam, em inglês, respectivamente:

  • Strengths (Forças);
  • Weaknesses (Fraquezas);
  • Opportunities (Oportunidades);
  • Threats (Ameaças).

Análise SWOT ou Matriz F.O.F.A?

A análise SWOT é também chamada por alguns de Matriz ou Análise FOFA. Esses termos tratam da mesma ideia, mudando apenas as palavras para o português: F, utilizado para tratar de forças e fraquezas; O de oportunidades; A de ameaças.

Entretanto, o termo utilizado com maior frequência é Análise SWOT.

Por que devo utilizar a análise SWOT?

A análise SWOT pode ser utilizada em diversos campos para a otimização de startups e empresas. Ela possibilita vários aspectos positivos, dentre eles:

Saiba quais são os benefícios de realizar a análise SWOT em empresas!

  • Profundo conhecimento do mercado em que o negócio está inserido;
  • Diagnóstico íntegro da empresa;
  • Consciência da ação e posição dos concorrentes no mercado;
  • Prever e antecipar processos e mudanças externas;
  • Apresenta alternativas para ações efetivas;
  • Redução de riscos nas escolhas e seleções da empresa;
  • Conhecimento de aspectos negativos e desvantagens da empresa.

A estratégia de análise SWOT em empresas é, ao contrário do que muitos pensam, dinâmica e de fácil aplicação. Por esses motivos ela se tornou tão popular, já sendo considerada imprescindível no mundo dos negócios.

Além disso, por sua característica de fácil aplicação, é utilizada também para a otimização de blogs, produtos e até mesmo pessoas. Neste último caso, agências que gerenciam a imagem de celebridades e artistas, utilizam a análise SWOT para construir personalidades de sucesso!

Qual profissional pode realizar a análise SWOT em empresas?

Geralmente, em todas as vezes que se utiliza a análise SWOT em empresas, ela é realizada por quem administra e gere a empresa. Esse profissional, normalmente das áreas do Marketing e Administração, realiza essa análise e depois comunica à equipe. Mas, com isso, a produtividade da equipe e a efetividade da análise é prejudicada.

A participação da equipe na análise SWOT em empresas é essencial!Portanto, a análise se torna muito mais efetiva quando há maior participação de todos os colaboradores de uma empresa.

Com a opinião e conhecimento do administrador, a análise SWOT fica nos aspectos globais da empresa. Entretanto, somente os experts de cada área da empresa sabem exatamente quais são os desafios e os itens primordiais do negócio.

Portanto, a participação de toda a equipe ajuda a enriquecer a análise, unindo opiniões e pontos de vista diferentes, a fim de garantir o sucesso da empresa e o seu destaque no mercado!

Como fazer a análise?

Primeiramente, você deve ter em mente que essa estratégia é dividida em fatores internos e externos. Esses fatores devem ser bem esclarecidos para que a análise SWOT em empresas seja efetiva.

Fatores Internos X Fatores Externos

Os Fatores Internos referem-se aos aspectos que são próprios de uma empresa. Ou seja, são todas as características internas do negócio, que não dependem de mudanças e aspectos do mercado. Geralmente não mudam com frequência, já que se trata fortemente dos valores e da ética de um negócio.

Já os Fatores Externos, são exatamente os aspectos que não dependem da empresa. São as mudanças e características que ocorrem no mercado, na economia, no contexto social e político de determinado lugar. Esses fatores podem estar em constante mudança. Isso significa que é interessante utilizar a análise SWOT em empresas com regularidade, para melhor adaptação com as mudanças!

Fatores Internos:Os fatores internos têm o poder de influenciar negativamente ou positivamente.

      1. Forças:

As Forças referem-se às vantagens que o seu negócio pode ter em relação aos concorrentes. Os diferenciais e pontos positivos da empresa, os valores éticos e morais, quando positivos, são as forças da empresa.

      2. Fraquezas:

As Fraquezas são as desvantagens que o seu negócio possui em relação aos concorrentes. Os diferenciais e valores tratados acima, podem também se tornar fraquezas à medida que se referem à pontos negativos.

Fatores Externos:

Esteja atento aos fatores externos ao seu negocio, pois eles exercem influência relevante no seu sucesso!      3. Oportunidades:

As Oportunidades são todos os fatores externos a sua empresa que permitem possibilidades positivas ao seu negócio.

Portanto, estar atento às oportunidades que aparecem no mercado é imprescindível.

       4. Ameaças:

As ameaças são os fatores externos (do mercado, da sociedade, da economia) que influenciam negativamente a atuação de uma empresa.

Como aplicar a análise SWOT em empresas?

Para melhor entendimento de como utilizar a análise SWOT em empresas, vamos apresentar um exemplo prático.

Tem-se, por exemplo, uma escola de inglês. Ao utilizar da análise, a escola passará a conhecer melhor o seu público, os seus concorrentes e as suas vantagens e desvantagens.

Forças:

As forças dessa escola de inglês têm relação com os valores e o método de aprendizado. A escola trabalha apenas com professores que têm o inglês como sua primeira língua, ou que já possuem experiências fora do Brasil. Com isso, a escola transmite valores culturais diversos, criando uma atmosfera de aprendizado muito valiosa.

Fraquezas:

Dentre as fraquezas dessa escola, está a força da concorrência direta na mente dos consumidores. Através do marketing e ações publicitárias, esse concorrente direto sempre adquire mais alunos e matrículas, apesar de não ter a melhor experiência e método de aprendizado.

Oportunidades:

A forte oportunidade dessa escola, é o grande número de franquias. Ou seja, a presença da escola em diversos lugares do país é um fator bastante importante.

Outra oportunidade é o crescente número de pessoas que precisam e desejam ter o inglês como segunda língua.

Ameaças:

Dentre as ameças, a principal é a situação econômica inconstante do país. Isso faz com que vários clientes e potenciais clientes hesitem em fazer parte dessa escola.

Conclusão

Portanto, a partir da análise SWOT em empresas, você terá um conhecimento completo sobre a sua empresa (e sobre os concorrentes também)! Se você ainda não realizou uma análise SWOT, há diversos exemplos realizados em grandes empresas para que você possa basear a análise de sua empresa!

Já que você está interessado em conhecer o seu negócio e saber mais sobre os concorrentes, que tal dar mais um passo a frente e aprender como fazer o mapa da empatia?

[Total: 0    Média: 0/5]