Como fazer o mapa da empatia?

Leia o nosso texto completo e fique por dentro desta ferramenta incrível que é o mapa da empatia!Nós já fizemos um post sobre o relacionamento com clientes, lá damos dicas de como melhorar esta relação e da extrema importância que ela tem para sua empresa. Sabemos que ter empatia é chave para você conseguir compreender o outro para que assim, esta relação seja construída em uma boa base. Entretanto, nos demos conta que para você construir esta boa relação você precisa conhecer o seu cliente muito bem. Por isso, hoje vamos te ensinar como fazer o mapa da empatia completo, para que você consiga conhecer melhor os seus clientes e para auxiliar na sua criatividade ou criação de uma ideia. Confira!

O que é um mapa da empatia?

Para ensinarmos a você como fazer o mapa da empatia você precisa saber o que ele é. O mapa da empatia é uma ferramenta que faz parte de uma linha de raciocínio conhecida como design thinking a qual possui a finalidade de pensar através de design! Ou seja, é uma forma de usar a criatividade que tem o objetivo de trazer soluções.É simples fazer um mapa da empatia, use sua criatividade!

O mapa da empatia é uma ferramenta que está dentro dos itens de modelo de negócio Canvas o qual te auxilia a construir um personagem para cada projeto.

Para que serve este mapa?

Para saber como fazer o mapa da empatia você precisa saber primeiro para que ele serve. O mapa da empatia ajuda você a se aproximar do seu cliente, seja ele B2B (Business to Business) ou B2C (Business to Client), pois você vai criar uma persona usando a criatividade para imaginar-se no lugar do seu cliente.

Dessa forma, fica mais fácil de construir uma relação com ele e criar um produto com soluções que o atendam. Além dessas vantagens você pode utilizar o mapa da empatia para criação de posts focando em esclarecer as dúvidas sobre determinado assunto. É comum utiliza-lo para um negócio que está em construção, mas é válido dizer que você também pode utilizar esta técnica para projetos que já foram criados.

Modelo de um mapa da empatia.

Como criar uma persona?

Para saber como fazer o mapa da empatia é essencial saber criar uma persona, pois, é através dela que você consegue preencher os campos desse mapa e conhece a fundo o seu cliente. Imagine o seu tipo de cliente, depois de saber realmente o tipo você vai estar apto para começar a preencher o mapa.

O mapa pode ser preenchido em um quadro, em um flipchart, papel ou até mesmo no computador. Para começar você vai precisar responder as seguintes perguntas:

O que ele pensa e sente?

Nesta etapa de preenchimento tente imaginar o que ele idealiza; o que ele pensa sobre a atual situação do seu país; quais são os seus sonhos e quais são suas preocupações e problemas.

O que escuta?

Isto não é apenas no sentido sonoro como musicas e conversas, mas também como ele pode ser influenciado, meios midiáticos que ele mais acessa. Assim, você vai saber quais pessoas poderiam o influenciar, quais são os seus possíveis ídolos, marcas favoritas e produtos que costuma consumir. Você pode estranhar uma etapa como esta, mas quando terminar o mapa, você percebe que cada etapa se une para construção de uma persona bem específica. Coloque frases explícitas do que o seu usuário escuta.

O que fala e faz?

Você vai analisar como ele se mostra para o mundo, o que ele gosta de fazer, quais são os seus hobbies. Você pode colocar frases em primeira pessoa, para se apropriar mais da persona e conhecer realmente o usuário para entender quem ele é.

O que vê?

Nesta parte procure pensar qual o ambiente em que esta persona vive; como são as pessoas com as quais ela convive; o que é mais comum no seu cotidiano. Esta parte é importante para entender as evidências físicas do usuário.

Quais são suas dores?

Não é de dor física que estamos falando, mas sim, de algumas coisas que incomodam sua persona, são obstáculos que sua persona precisa acabar com eles para conseguir consumir os seus produtos. Quais são os seus medos e frustações.

Quais são suas necessidades?

Nesta parte pense aonde sua persona quer chegar, o que ela deseja alcançar e a forma que ela pensa de solucionar os problemas.

Você pode compartilhar os seus resultados com sua equipe, ela pode ser fundamental para você aprender a como criar o mapa da empatia e também para te dar algumas ideias que você pode ter deixado passar despercebido.Conheça bem o seu cliente e assim, o seu mapa será construído de forma mais fácil!

E lembre-se de colocar uma idade para sua persona, para facilitar na hora de preencher os campos. E seja objetivo! Este é o segredo na hora de construir o mapa da empatia.

Você deve estar se perguntando como conseguir criar tantas respostas se eu nem conheço meu cliente. Calma! Para tudo existe uma solução.

Pesquisar é uma das soluções principais! Você pode pesquisar através do mercado, procure imaginar as pessoas que te procurariam. Veja sua concorrência, pesquise através de e-mails e questionários. Assim, pode ter certeza que está pronto para construir o mapa da empatia.
Ah! E se quiser utiliza-lo para construir post vale a pena focar em pesquisa de conteúdo e vídeos sobre o assunto, assim, você constrói um mapa da empatia mais rápido e sua postagem consegue ficar mais completa ainda para seu público acessar os seus conteúdos e saírem satisfeitos.

Para você que não conhece sobre o mapa da empatia, esse vídeo é uma excelente forma de aprender um pouco mais sobre como fazer o mapa da empatia.

Exemplo como fazer o mapa da empatia

O Henrique tem 18 anos e recentemente se formou no ensino médio. Ele vive em Belo Horizonte na região sul e sempre estudou em escolas particulares. Mora com seus pais e seu irmão mais novo.

Tem como hobbies tocar violão, jogar futebol, vídeo games e sair com seus amigos quase todos os finais de semana. Eles se interessa muito por computadores e tecnologia e até já fez alguns cursos relacionados à área de informática e construção de computadores.

Henrique não tem certeza sobre qual curso quer, mas tem certeza de que deseja fazer uma faculdade que o proporcionará experiências, ele ainda não trabalha, mas realizou alguns pequenos trabalhos em computadores para uma parte de seus familiares. Tem bastante tempo para estudar e tem muito interesse em aprender coisas novas nas áreas de interesse.

Agora que você conhece um pouco do Henrique vamos montar o seu mapa da empatia:

O que ele pensa e sente?

  • Deseja cursar uma faculdade;
  • Deseja fazer algo que realmente gosta;
  • Se sente aflito por ter que decidir qual faculdade;

O que escuta?

  • A área de tecnologia é promissora;
  • Há diversas oportunidades de emprego para essa área;

O que fala e faz?

  • Fala que gosta muito de aprender;
  • Sempre participa de workshops e palestras sobre a área de tecnologia;

O que vê?

  • Grandes impresas de TI dominando o mercado mundial;
  • Jovens de sucesso na carreira de TI;

Quais são suas dores?

  • Não sabe qual faculdade entrar;
  • Não sabe qual curso relacionado à computadores deve cursar;

Quais são suas necessidades?

  • Aprender e ter experiências na graduação que escolher;
  • Ser bem sucedido;

Com esse exemplo, você terá uma boa base para saber como montar um mapa da empatia. No exemplo, este não é um cliente, mas a forma como você vai montar permanecerá a mesma. Com isso, basta você usar a sua criatividade e montar um mapa da empatia.

Para saber como fazer o mapa da empatia o mais importante é a criatividade!

Quais benefícios são gerados ao construir o mapa da empatia?

  • Entende-se mais sobre o seu cliente
  • Facilidade ao desenvolver o produto
  • Facilidade ao auxiliar na criação de palavras chaves para o post
  • Direcionamento de conteúdo para o site para o seu público alvo através do mapa da empatia
  • Facilidade de obter funções em produtos para resolver problemas.

Esperamos que você tenha aprendido a melhor forma de construir o mapa da empatia! Se você pesquisar bem, seguir os passos e usar a sua criatividade você aprende como fazer o mapa da empatia da melhor maneira assim, consegue aproveitar dessas informações para construir uma relação melhor com o seu cliente! E quem sabe, você não conhece mais um pouco sobre brainstorming?

 

[Total: 1    Média: 5/5]