Como trabalhar a estratégia de Branding em empresas?

Aprenda já a trabalhar a estratégia de Branding em sua empresa para otimizar seus negócios!Como as empresas estão em constante contato com os consumidores, é imprescindível trabalhar a sua marca através da estratégia de Branding. E isso deve ser bastante trabalhado em âmbito digital, já que é onde a maioria dos consumidores estão sempre presentes.

Portanto, para fortalecer o relacionamento entre marca e cliente, aumentar suas vendas e conseguir destaque no mercado dentre seus concorrentes, conheça essa estratégia e como aplicá-la em seu negócio!

O que é Branding? 

O conceito de Branding refere-se a gestão de marca. Portanto, Branding refere-se a todas as estratégias e objetivos a fim de:

  • Popularizar uma marca;
  • Aprimorar a ideia da marca na mente dos consumidores;
  • Persuadir e incentivar o desejo pela marca e seus produtos;
  • Estabelecer forte relação entre marca e consumidor;
  • Criar uma marca que gera empatia nos consumidores.

A partir disso, pode-se dizer que a estratégia de Branding trabalha diversos pontos em um negócio. Ele trabalha todo o processo de criação e concepção de uma marca, além de estratégias de Marketing, tanto o Tradicional quanto o Marketing de Relacionamento!

Em conclusão, vamos apresentar todos os fatores fundamentais para a criação e gestão de marca, bem como as principais estratégias de Branding!

Branding X Marca Saiba já as diferenças entre Brand e Marca a fim de otimizar suas estratégias de Branding!

Muitos empreendedores ainda confundem a estratégia de Branding com os termos Marca e Brand. Como todos esses conceitos trabalham conjuntamente, é normal que algumas pessoas cometam erros. Entretanto, é necessário diferenciá-los para que você possa trabalhar a estratégia de Branding eficazmente!

Como você já sabe, Branding se refere à estratégias que fortalecem e otimizam uma marca. Portanto, Branding é gestão de marca.

Já o Brand significa Marca. Portanto,

Branding = Gestão de Marca 

Brand = Marca!

Como a Marca influencia o consumo?

Vários fatores têm a capacidade de influenciar a decisão de compra de um consumidor. Além disso, cada consumidor possui interesses e desejos diferentes. Entretanto, uma marca Top Of Mind pode influenciar diversos clientes no consumo de um determinado produto.

Imagine que você precisa comprar um novo celular e decide iniciar sua busca pela internet. Você busca as informações e características que, em sua opinião, devem estar presentes no novo aparelho.

Você encontra algumas opções de marcas diferentes e que mais chamou sua atenção. Você viu que há um celular sendo vendido por um determinado preço. Entretanto, você também encontra um Iphone, com as características que você procura

Qual é o valor de uma Marca? 

Quando falamos sobre valor de marca, não nos referimos ao valor financeiro. Nos referimos à importância de uma marca na mente dos consumidores. Nesse caso, nos referimos às experiências dos consumidores, bem como às formas de comunicação e relação entre uma marca e seu fãs.

DNA da Marca 

O DNA de uma marca é a essência, ou seja, a base fundamental de uma marca.

Assim sendo, o DNA da marca é constante, é a parte da empresa em que não ocorre mudanças. O logotipo de uma empresa poder mudar, bem como campanhas publicitárias, anúncios, comunicação, atendimento, etc.

Entretanto, aquilo que define uma empresa, continua o mesmo!O slogan da marca Nike "Just Do It" se tornou principal diferencial entre os concorrentes!

Por exemplo, o slogan da Nike criado em 1988 Just do it” se tornou marca registrada e principal diferencial da empresa frente ao mercado global!

Portanto, o valor de uma marca é a sua relevância no mercado, frente aos consumidores, concorrentes e tendências globais – que mudam constantemente, podendo criar novos padrões. Ou seja, uma marca relevante deve trabalhar sua identidade e, ao mesmo tempo, agregar novidades e tendências.

E trabalhar o DNA de uma marca, agregando inovações e tendências é um desafio. Entretanto, pode ser o fator de sucesso que sua marca precisava!

Quais as vantagens do Branding?

A estratégia de Branding agrega diversas vantagens ao seu negócio. Vamos apresentar os principais benefícios para que você conheça a importância dessa estratégia!

Destaque no mercado

A estratégia de Branding fortalece a identidade de sua marca, diferenciando-o no mercado.

E, como você já sabe, os consumidores buscam diferenciais para escolher uma empresa ou produto específico. Portanto, se a sua empresa possui um tom de voz único, características visuais únicas e produtos inovadores, por meio da estratégia de Branding, a sua empresa se destaca no mercado!

Agrega mais clientes

Uma marca bem trabalhada, com atrativa identidade visual e valores positivos possui grande chance de atrair mais clientes e aumentar as vendas!

Trabalhar o Branding em seus negócios possibilita a atração de um maior número de clientes!Além disso, com a estratégia de Branding você não irá atrair apenas clientes. Você irá atrair leads (clientes qualificados). E esses clientes tendem a pagar mais!

Um cliente qualificado é um cliente que já conhece o seu negócio, bem como sua área de atuação. Portanto, ele sabe se o seu produto é realmente inovador, relevante e melhor que de seus concorrentes!

Imagine então que a sua empresa cobra um pouco a mais por um produto similar ao de um concorrente. Entretanto, o seu produto é melhor, mais inovador e de melhor qualidade. Esse cliente, por ser qualificado, sabe muito bem dessa diferença.

Portanto, ele irá preferir pagar um pouco mais ao se tratar de um produto melhor!

Agrega valor a um negócio

Há diversas empresas que são mais valorizadas por seus fatores intangíveis e subjetivos do que fatores físicos, como produtos e serviços, por exemplo.

Voltemos ao exemplo da Apple. Os anúncios, propagandas e divulgações da Apple, raramente falam diretamente sobre os celulares, pcs e tablets.

Os anúncios trabalham fortemente os fatores intangíveis e subjetivos: qualidade, inovação e a ideia de “fora do padrão”. E são esses fatores que agregam valor à marca Apple!

Otimiza as estratégias de Marketing

Como a estratégia de Branding permite o conhecimento de um público-alvo, todas as estratégias e objetivos para atrair esse público serão otimizadas.

Conhecendo seus consumidores, a comunicação é mais assertiva, visto que você conhece os canais utilizados por eles (quais redes sociais utilizam, quais sites e blogs eles leem, etc) e a linguagem a ser utilizada – um público mais jovem, por exemplo, prefere uma linguagem mais informal – .

Como trabalhar a estratégia de Branding de forma efetiva?

Apesar de não existirem regras para criar uma marca de sucesso e realizar um efetivo trabalho de Branding, há alguns fatores que afetam positivamente uma marca. Dentre eles são: o fator Top Of Mind, Design, Inovação, Conceito e Experiência do Consumidor.

Por isso, vamos apresentar cada um desses fatores para que você aplique-os em sua empresa!

Top Of Mind 

Top Of Mind, literalmente traduzido como “no topo da mente”, é uma forma de qualificar empresas. Mas não estamos falando de todas as empresas.Marcas consideradas Top Of Mind são aquelas dominantes (em seus respectivos mercados) na lembrança dos consumidores.

As marcas Top Of Mind são aquelas que estão presentes fortemente na mente dos consumidores.

São as marcas que trabalham com a lembrança do consumidor. Ou seja, marcas Top Of Mind são as marcas mais lembradas. Por isso utiliza-se o nome Top Of Mind!

Vamos fazer um exercício prático para que você entenda melhor esse termo.

Qual é a primeira marca que aparece em sua mente quando você ouve “refrigerante”?

Provavelmente você pensou em Coca-Cola.

Talvez Coca-Cola seja o seu refrigerante preferido. Ou talvez você goste de Coca mas não é o seu refrigerante favorito. Pode ser que você não goste de Coca-Cola de jeito nenhum. Talvez você nem beba nenhum tipo de refrigerante. Entretanto, você aliou refrigerante à marca Coca-Cola.

Portanto, pode-se dizer que a Coca é uma marca Top Of Mind (segundo o Jornal Folha de São Paulo, 2017).

Tem-se a Brastemp, por exemplo. Essa marca se tornou Top Of Mind na mente dos consumidores brasileiros e, além disso, se tornou sinônimo de qualidade!

Você já deve ter ouvido alguém falar que uma determinada marca é boa, mas não é uma Brastemp. Ou seja, uma determinada marca de celular pode ser ótima, mas se ela não é uma “Brastemp”, significa que essa marca não é uma referência de mercado!

E, assim como a Coca-Cola e a Brastemp, existem diversas outras marcas globais também se destacam no quesito lembrança.

Confira o gráfico abaixo para ver o ranking das marcas Top Of Mind no contexto de consumo brasileiro – segundo a Folha de SP, 2017.

Veja as marcas mais lembradas pelos consumidores brasileiros no ano de 2017.

Como criar uma marca Top Of Mind?

Assim como os tópicos acima, o que vamos apresentar agora não são regras, mas algumas características que as marcas mais lembradas têm em comum!

Distribuição 

Apesar de não ser responsabilidade das equipes de comunicação de uma empresa, a distribuição está fortemente relacionada com a ideia de Top Of Mind.

Isso deve-se ao fato de que uma marca vista é marca lembrada. A maior visibilidade de produtos é um dos fatores que otimizam as oportunidades de uma marca se tornar Top Of Mind.

Esse fator é bastante trabalhado através da Publicidade! Anúncios em redes sociais e meios de comunicação, ações publicitárias, promoções, etc, afirmam a existência de uma marca! Entretanto, a Publicidade só será efetiva se atingir o objetivo de um negócio.

Esse objetivo pode ser: apresentação de marca, divulgação de um novo produto, aumento de vendas, etc. E esse último objetivo só será atingido se os produtos estiverem disponíveis para o consumo!

Portanto, não se esqueça: marca vista é marca lembrada. Se um produto, por exemplo, estiver em diversos supermercados, atacados e lojas de uma região (ou de um país), ele será visto constantemente. E, assim, será lembrado com mais facilidade!

Além disso, se há grande distribuição – principalmente se for igual ou superior a dos concorrentes – o incentivo ao consumo desse produto será mais efetivo!

Identidade

A identidade de marca refere-se à diversos fatores: missão, valores, normas e éticas da empresa, logotipos e todo o processo de design e comunicação.

A partir disso, todos os fatores citados acima afirmam a presença de uma empresa. Além disso, a identidade também visa:

  • Diferenciar um negócio frente aos concorrentes no mercado;
  • Criar uma marca única e original;
  • Ser uma “embalagem” frente aos consumidores;
  • Mostrar aos consumidores como é o seu atendimento e como você soluciona dúvidas e problemas;

Portanto, a identidade de uma marca deve ser positiva tanto para os colaboradores da empresa quanto para os consumidores e fãs do negócio!

Percepção

Percepção é a forma como cada pessoa enxerga uma marca. Portanto, a percepção e a identidade de uma marca nem sempre são as mesmas. E esse fator pode ser tanto positivo quanto negativo!Diferentemente da Identidade de Marca, Percepção é a forma como os consumidores enxergam a sua marca.

Mas, como assim?

Bom, a identidade de marca é tudo que define uma empresa, missão, posicionamento, valores, etc. Portanto, se a missão de uma marca é representar a diversidade em todos os setores de sua empresa e, o consumidor a percebe dessa maneira, isso se torna um fator positivo.

Entretanto, se a percepção do consumidor de uma determinada marca – independente de sua identidade – é negativa, esse fator pode se tornar uma desvantagem.

Portanto, crie uma identidade de marca positiva e trabalhe-a de forma verdadeira. Assim, os consumidores criarão percepções reais sobre o seu negócio!

Diferencial 

Todos os fatores descritos acima fazem parte de um diferencial competitivo de uma empresa no mercado.

Com a enorme quantidade de marcas e empresas no mercado, os consumidores passam a buscar um produto diferenciado.

Portanto, esteja atento aos seus consumidores. Busque sempre feedback de seus clientes e parceiros. Assim, você estará mais próximo da chance de criar uma marca de sucesso!

Design

Um produto, site ou aplicativo visualmente atrativo, já é um vantagem frente a outros concorrentes no mercado. Fatores como simplicidade, usabilidade e agilidade são características essenciais em qualquer produto e serviço, atualmente.

Entretanto, os seres humanos são atraídos por conteúdos visuais, mais do que qualquer outro tipo. É por isso que grande parte dos usuários preferem assistir a uma receita por vídeo no Youtube, por exemplo, do que ler a mesma receita em um site.

Portanto, preocupar-se com o Design, o alinhamento, as cores, tipografias e utilização do espaço é imprescindível para aprimorar o sucesso de uma marca. Desde a criação de um logotipo até a comunicação, o Design deve ser fortemente trabalhado.

Inovação

Com a crescente quantidade de marcas e empresas no mercado, é essencial trabalhar o fator inovação.

Tantas marcas trabalham de uma mesma forma, iguais em diversos quesitos. E os consumidores percebem isso. E, para realizar uma escolha entre empresas iguais, os consumidores irão buscar o diferencial.

Tanto em empresas antigas quanto em novos empreendimentos, inovar é imprescindível para estar relevante no mercado!Veja o Nubank, por exemplo. Ao invés de realizar ações de Marketing e estratégias de comunicação iguais aos outros bancos existentes, o Nubank entrou no mercado com um olhar inovador.

O Nubank fortalece a ideia de ser um banco sem burocracias, digital e jovem. Portanto, essas três características se tornaram parte da identidade da marca.

Há também marcas antigas que continuam inovando para sustentar sua relevância perante os consumidores. Veja o Google, por exemplo.

O Google é uma empresa que praticamente não possui concorrentes fortes como ela. Entretanto, ela passou por uma mudança em seu logotipo, em 2015. Portanto, seja uma marca antiga ou nova, inovação é essencial para conseguir sucesso em seu negócio!

Conceito

Para criar uma marca, não basta simplesmente criar um logotipo, acrescentar umas cores e pronto. É necessário criar um conceito!

Esse conceito deve atrelar a essência de sua marca à percepção das pessoas sobre ela!

Além disso, a marca também deve apresentar características positivas para seu negócio, como qualidade, bom atendimento, etc.

Para exemplificar, vamos falar sobre a Apple. Todos os slogans que a Apple já utilizou tratam bem mais do que empresa que vende celulares, computadores e tablets. O slogan criado em 1997 e utilizado até 2002, era “Think different”. Ou seja, “Pense diferente”.

Portanto, a Apple criou um conceito de inovação para sua marca, e os consumidores enxergam esse conceito dessa forma!

Experiência do consumidor

Bom, esse fator deve ser o mais importante de todos que apresentamos até agora.

Imagine que você contrate uma empresa para realizar um determinado serviço. O site dessa empresa possui informações completas e um design simples e atrativo. Portanto, você contrata essa empresa.

Entretanto, o serviço não é feito conforme o contrato. Você percebe que o serviço não foi feito de forma cuidadosa e com as preocupações necessárias. Isso significa que a sua experiência com a empresa foi negativa.

Portanto, sempre que alguém lhe perguntar sobre essa marca, você não terá nada bom para dizer sobre ela, certo?

O fator de experiência do usuário e do consumidor deve ser trabalhado de forma constante, buscando a otimização da relação cliente-empresa.

Marketing Digital

Marketing Digital é, basicamente, criar estratégias – utilizando as plataformas digitais – para divulgar um negócio!O Marketing Digital visa divulgar uma empresa, atraindo leads e reforçando a comunicação com clientes!

Além disso, o Marketing Digital permite a comunicação direta entre empresa e consumidor, fortalecendo essa relação e resultando na criação de fãs de uma marca!

Dentro do Marketing Digital, se você pretende atrair clientes, por exemplo, é importante trabalhar a estratégia de Inbound Marketing. Assim, todo o seu trabalho será efetivo!

E vale lembrar que: Uma marca que não está presente nas redes sociais e não cria estratégias para se divulgar, está em desvantagem no mercado.

Portanto, trabalhar o Marketing Digital é imprescindível para agregar mais clientes ao seu negócio!

Cases de estratégia de Branding de sucesso

Agora que você já sabe o que é, quais as vantagens e como trabalhar a estratégia de Branding em seus negócios, vamos apresentar os casos de Branding de sucesso!

Red Bull

O sabor dos produtos Red Bull é bastante similar a qualquer outra bebida energética. Entretanto, a Red Bull se destaca fortemente entre seus concorrentes devido à sua estratégia de Branding.

A Red Bull não alia seus produtos à bebida de melhor sabor, de melhor preço e nem de melhor design da embalagem. A Red Bull não é simplesmente um energético. Red Bull é aventura, esportes radicais, agilidade e adrenalina.

A marca sempre patrocina eventos de esportes, principalmente os esportes de caráter radical. O slogan da marca “Red Bull te dá asas” fortalece ainda mais essa ideia que os produtos Red Bull estão ligados à esse tipo de esporte, sempre aliando ao sentido de risco e aventura.

E em todas as plataformas da Red Bull, seja em comerciais de TV, redes sociais ou um simples banner digital, a Red Bull explicita sempre as ideias apresentadas acima. Portanto, lembre-se: Red Bull não é energético, Red Bull é aventura, ousadia e adrenalina.

Coca-Cola

A Coca-Cola é um excelente case de sucesso do trabalho da estratégia de Branding.

Diversas vezes tratamos a marca Coca-Cola apenas como um refrigerante do mercado. Entretanto, com o Branding agindo em nossa memória, sabemos que a Coca-Cola é bem mais do que isso.

Lembra que nos comerciais da Coca-Cola sempre há uma família feliz e harmoniosa almoçando? E lembra do slogan da Coca “Abra a felicidade”? Portanto, Coca-Cola é felicidade.

E, consequentemente, em nossa mente associamos, por exemplo, um almoço de domingo em família com a Coca-Cola. Associamos também as ceias de Natal em família com o peru de uma determinada marca, a música de determinada banda ou artista e a bebida no centro da mesa com a Coca-Cola.

Agora que você já sabe que a estratégia de Branding também ajuda na divulgação de uma marca ou produto, que tal aprender sobre App Marketing para otimizar os downloads de seu aplicativo?

[Total: 0    Média: 0/5]