Investidor Anjo

Investidor Anjo são empreendedores bem capacitados e experientes que investem financeiramente e apoiam empresas com grande potencial no mercado. Cresce cada vez mais empreendedores bem capacitados e experientes que investem financeiramente e apoiam empresas com grande potencial no mercado. Esse é o papel do Investidor Anjo.

 

 

 

O que é Investidor Anjo?

Investidor anjo é um investimento de pessoas físicas com capital próprio em empresas novas como as Startups, que possui grande potencial no mercado e procuram a inovação.  Além do capital, o investidor anjo orienta os novos empreendedores, indica clientes, parcerias e fornecedores para aumentar a rede de relacionamentos e as chances de sucesso, por isso é usado o termo “anjo”. É necessário ressaltar que esse movimento não possui caráter filantrópico ou assistencialista, o investidor pensa nos lucros e no impacto econômico e social.

Geralmente é formado por grupos de empresários, executivos e profissionais de qualquer área, que estão dispostos a financiar o crescimento de uma empresa com participação minoritária no negócio, tendo o retorno financeiro como principal objetivo. O investimento é feito por 2 a 5 participantes do grupo de investidores anjo com 1 ou 2 líderes, para compartilhar o apoio, dedicação, experiências e risco, esse investimento se chama smart money ou dinheiro inteligente

 

Qual a importância do Investidor Anjo?

O financiamento do investidor anjo é benéfico não só para os empresários mais experientes, a empresa financiada recebe mais credibilidade, aumenta seus contatos e acelera seu crescimento, mas também para a sociedade em geral e a economia do país, pois empresas inovadoras com grande potencial, possivelmente vão se expandir cada vez mais gerando empregos e tributos.

Investidor anjo investem financeiramente em startups e as apoiam.Para o investidor anjo além da oportunidade de aplicar sua experiência e aprender mais sobre a nova forma de mercado, o retorno financeiro pode ser até de 50x mais do que o capital aplicado inicialmente. A empresa de sucesso Apple, começou com o seu fundador Steve Jobs e Steve Wosniak e o investidor anjo Mike Markkula. Buscapé uma empresa nacional iniciou com 4 amigos e um investidor anjo,  a empresa Bematech atualmente líder de mercado em soluções para automação comercial, teve investimento de um investidor anjo em 1992. A OCDE (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico) pesquisou o investimento anjo em mais de 30 países  e percebeu que “os investidores anjo tem um papel crítico no sucesso das empresas iniciantes” . 

No Brasil está começando a crescer esse ramo de investidores, porém aqui não existem estímulos como o incentivo tributário. O investidor anjo está disposto a arriscar o seu capital para obter futuramente o retorno, porém a desconsideração da personalidade jurídica da empresa desmotiva esses investidores, pois se eventualmente perder o investimento terá que arcar com passivos adicionais, mesmo que o investidor anjo não tenha participação nenhuma na administração da empresa. O que por lei está previsto que a responsabilidade deve ser limitada ao seu capital social.  Em alguns países a política de estímulo aos investidores anjo é adotada, pois perceberam  que quanto mais investimentos são feitos, maior será a geração de empregos e tributos futuramente.

Como obter um investidor anjo?

Investidores Anjo procuram empresas novas com boas ideias recebem incentivo de empresários para alcançarem o sucesso.Geralmente investidores anjo investem em empresas com propostas inovadoras que diferencie seu negocio da concorrência, além de estar envolvida em um mercado relevante para obter sucesso, o que eles chamam de “escalável”, ou seja, o seu negocio deve poder crescer sem ter um grande número de funcionários e especialistas. Sendo que o capital investido é limitado em 1 milhão, deverá  ser usado para suporte da empresa não para pagar dívidas anteriores.

Porém não basta ter um negócio com grande potencial, é preciso ter um business plan ou modelo ou plano de negócio para aumentar o interesse do investidor anjo,  no business plan deve estar estruturado o conceito do seu produto/serviço com os pontos positivos e negativos além da avaliação de futuros clientes.

Para o investidor anjo ficar convencido que deve investir, monte um sumário executivo com informações como: produto, mercado, equipe, concorrentes e uso do capital. Demonstre bem o conhecimento e segurança do seu negócio monte uma apresentação rápida (pitch) de 2 a 3 minutos, ficando evidente a dimensão da oportunidade para o investidor anjo. Busque ter concelheiros, assim as chances do investidor aplicar mais capital no seu negócio é maior.

Lembre-se que o investidor anjo não comandará a empresa e não é a solução para tudo, o seu negócio depende de você, por isso estude sobre a sua ideia e seus potenciais clientes, teste, avalie , esteja preparado para empreender e garantir o seu lugar no mercado.

Agora você já sabe como conseguiu um investidor anjo, mas ainda não sabe como organizar suas ideias? Confira aqui nossa postagem sobre as boas ideias.

[Total: 4    Média: 4.3/5]