O que é investimento Sócio-capitalista?

Saiba o que é e como atrair um sócio-capitalista para otimizar seu novo negócio!

Lançar uma Startup é um ótimo passo para iniciar sua entrada para o universo do empreendedorismo. Exatamente por isso o conceito de sócio-capitalista tornou-se bastante relevante no meio empreendedor.

O investidor e sócio-capitalista é o que todo empreendedor precisa para garantir o futuro na empresa. Portanto, continue a ler nosso conteúdo para saber o que é e como obter um sócio-capitalista!

O que é sócio-capitalista?

Sócio-capitalista é um tipo de investidor, que deposita capital em um negócio novo (uma startup, por exemplo) ou até mesmo em uma ideia. 

Entretanto, os sócios-capitalista não são investidores comuns. Os sócios-capitalista têm como objetivo o lucro a longo prazo. Ou seja, eles não aplicam dinheiro em um negócio buscando retorno imediato.

Além disso, os sócios-capitalista não necessariamente realizam investimentos totais de uma só vez. O capital pode ser aplicado gradualmente, segundo as necessidades e prioridades do negócio.O sócio-capitalista visa aplicar capital em um negócio ou startup a fim de otimizá-los!

Exatamente por isso o termo sócio-capitalista tornou-se tão conhecido no mercado. Afinal, muitas startups, apesar de terem ótimas ideias e equipes profissionais, necessitam de investimentos para se lançarem no mercado.

Outro ponto importante que deve ser citado sobre o sócio-capitalista é que ele pode atuar na empresa. Portanto, ele pode otimizar uma startup em diversos fatores.

O primeiro, é que o sócio-capitalista pode ter participação direta no modelo ou plano de negócios da empresa em que está investindo. Entretanto, esse fator não é obrigatório.

Cabe ao empreendedor e ao sócio-capitalista entrar em acordo sobre a participação de cada um no desenvolvimento da empresa. Para isso, existem os “term sheets“, que são documentos a fim de facilitar e oficializar essa parceria!

Qual a diferença entre sócio-capitalista e investidor?

Apesar do perfil parecido, sócio investidor e sócio-capitalista têm significados diferentes. Além disso, caso você esteja procurando por investimentos para lançar sua startup, é necessário conhecer a diferença entre esses termos.

Portanto, a partir disso, vamos apresentar as semelhanças e diferenças dos dois termos.

Prazos 

Tanto o sócio investidor quanto o sócio-capitalista têm uma quantidade razoável de dinheiro para ser aplicado na empresa. Entretanto, o sócio investidor busca negócios que tragam retorno a curto prazo. Sendo assim, ele geralmente busca empresas que trarão retorno imediato.

Já o sócio-capitalista é o oposto. Como você já sabe, o sócio-capitalista busca negócios e startups que tragam retorno a longo prazo. 

InvestimentosO sócio-capitalista investe o capital de forma gradual, segundo as necessidades da startup.

O sócio investidor aplica o capital de uma só vez, já que o curto tempo é um fator relevante nesse tipo de investimento.

Entretanto, o sócio-capitalista pode investir de forma gradual.

Riscos

O sócio-capitalista procura um risco mais baixo com o investimento, dando preferencia para o modo tradicional e atualmente abrindo espaço novas empresas com propostas diferenciadas.

Como dito a cima, não importa se o retorno será a longo prazo e se envolve bastante na questão de gestão da empresa.

Diferente do sócio-capitalista, o sócio investidor procura empresas com potencial alto de retorno o mais breve possível, em media de 3 a 5 anos. Ele procura garantir que a empresa cresça, valorize no mercado que se encontra e gere lucros cada vez mais altos, e, posteriormente vende sua parte na empresa para empresários interessados no ramo por um preço muito alto.

Além disso o sócio-investidor prefere dividir o lucro da empresa com os outros sócios enquanto a empresa está crescendo.

Como obter um sócio-capitalista?

Preparamos para você dicas para atrair um sócio-capitalista para o seu negócio. A partir delas, você poderá agir de forma rápida e prática a fim de otimizar a sua empresa!

Tenha um plano de negócios escalável 

O sócio-capitalista procura empresas com um modelo ou plano de negócio escalável. Ou seja, um modelo ou plano com pontos positivos e negativos do produto/serviço.

Isso mostra que o empreendedor conhece bem do seu mercado, além de conter posicionamentos de potenciais clientes, como rege o business plan.

A Startup para atrair esse investimento deve crescer e gerar lucro sem aumentar o número de funcionários!

A partir disso, ela deve diminuir algumas despesas relevantes e se tornar uma Lean Startup (Startup enxuta), que possui altos lucros e despesas reduzidas.

Além disso, é recomendável que o empreendedor busque contato com possíveis investidores e sócios-capitalista. Assim, deve-se explicar a intenção desse contato, a fim de marcar uma reunião presencial para apresentar propostas do produto/serviço.

Monte um Pitch

Sempre que você se encontrar com um sócio-capitalista, será necessário explicar diversos pontos de seu negócio. Afinal, os investidores querem ter certeza de que seu negócio trará retorno financeiro e irá se destacar no mercado!

Portanto, para convencer o sócio-capitalista, você deve montar um Pitch!

A partir disso, você explica rapidamente o potencial da sua empresa. Então, monte uma lista com informações relevantes de seu negócio, como: Para montar um pitch efetivo, basta conhecer bem a sua empresa, o mercado em que atua e os seus concorrentes!

  • Qual o seu produto;
  • Qual será sua atuação no mercado;
  • Formação de sua equipe;
  • Quais profissionais são necessários para o funcionamento de sua empresa;
  • Quantos e quem são os seus concorrentes diretos;
  • Quantos e quem são os seus concorrentes indiretos;
  • Qual o uso do capital que será investido.

A partir disso, você passa segurança e conhecimento para otimizar as oportunidades de atrair um sócio-capitalista!

Conheça sua empresa e seus clientes

Como foi apresentado acima, você deve apresentar os pontos fracos e fortes de seu negócio. Se você não os conhece ainda, há algumas ferramentas que podem te ajudar a conhecer mais o seu negócio:

  • Análise SWOT: para verificar os pontos fracos e fortes, além das oportunidades e ameaças do seu negócio;
  • Criação de personas: para conhecer o público-alvo de sua empresa, que também agrega conhecimento sobre a atuação de seu negócio;
  • Mapa da empatia: você conhece as dificuldades de seus clientes, fortalecendo a importância do seu negócio para solucioná-las.

A partir disso, você poderá reduzir oportunidades de erros em seu negócio, além de otimizar o desenvolvimento de sua empresa!

Conheça seus concorrentes

Lembra que falamos sobre os concorrentes no tópico de Pitch? Conhecê-los é imprescindível, não só para a apresentação para o sócio-capitalista como também para aprimorar sua empresa!

Para conhecer seus concorrentes, você pode utilizar de algumas ferramentas que facilitam esse processo:

  • Semrush: uma ferramenta que apresenta o posicionamento dos seus concorrentes no Google e até mesmo as palavras-chave utilizadas por eles (as);
  • Keyword Spy: você analisa profundamente os termos utilizados por seus concorrentes;
  • Website Grader: você analisa a qualidade do SEO do site verificado, quantidade de backlinks e palavras-chave.

Portanto, conheça seus concorrentes antes de montar um pitch e apresentá-lo ao possível sócio-capitalista de seu negócio!

Sendo assim, essas dicas são atrativos para garantir a atenção do sócio-capitalista. Elas ajudam a inciar o processo de adquirir um sócio-capitalista, otimizando sua empresa no mercado!

E aí, gostou do nosso conteúdo? Que tal conhecer mais sobre investidores e ler nosso conteúdo sobre o Investidor Anjo?

[Total: 15    Média: 2.7/5]