Modelo de negócio ou plano de negócio: Qual fazer?

modelo-negocio-plano-startup-app-site

Depois de se ter uma boa ideia sempre ficamos na dúvida na estruturação do plano de negócio ou do modelo de negócio. Mas qual é melhor para uma startup?

 

Modelo de negócio ou plano de negócio: Qual fazer?

Como uma prática comum entre as pessoas, sempre que temos uma ideia e queremos transformá-la em um negócio todos nos recomendam fazer um plano de negócio ou um modelo de negócio. Porém muitas pessoas não sabem qual seria o mais adequado para se trabalhar naquele momento!

As duas estratégias de plano de negocio ou modelo de negocio são viáveis e apresentam tanto pontos bons quanto pontos negativos. Dependendo da situação atual do seu empreendimento um será mais adequada do que a outra. Para decidir entre um modelo de negócio ou um plano de negócio, vamos analisar cada uma das opções.

Modelo de negócio ou plano de negócio: Diferenças

plano-modelo-negocioO plano de negócio é muito mais utilizado pelo empreendedores e mais conhecido entre as pessoas do que o modelo de negócio. O próprio SEBRAE sempre estimulou as pessoas a fazerem um plano de negócio antes de iniciarem com investimentos e desta forma evitando possíveis prejuízos e falhas. A grande diferença entre o plano de negócio e o modelo de negócio é a velocidade em que podemos estruturar cada um deles.

O plano de negócio, diferentemente do modelo de negócio, pode ser entendido como um documento que representa toda a estrutura da empresa, abrangendo os mínimos detalhes. No plano de negócio, além de conter todas as estratégias para se alcançar as metas traçadas, também tem uma forte pegada na descrição financeira. Descreve o fluxo de caixa, retorno sobre o investimento e outros. Se torna um documento oficial do qual os gestores do empreendimento devem seguir. Normalmente o plano de negócio é feito com o objetivos de curto, médio e longo prazo. Por mais que você use poucas palavras, acaba que demanda muito tempo montar um plano de negócios, pois se você não especificar detalhadamente não vai adiantar de enada a produção do plano.

Mas para conseguir reunir essa quantidade de informação tão precisa no plano de negócio exige-se muito tempo e dedicação. Muitas vezes os empreendedores gastam mais tempo fazendo o plano de negócio do que realmente pensando sobre o problema encontrado por ele e a solução que ele irá desenvolver para o mercado. Nesse sentido, o plano de negócio demora muito mais para ser elaborado do que o modelo de negócio. Além disso, você sempre vai ter que renovar a cada contratação diferente, o que não quer dizer que o modelo de negócios canva, o qual indicamos você utilizar, você não deve refazer, na verdade, você sempre deve refazer quando achar necessidade, provavelmente quando suas contratações mudarem muito o rumo.

Por outra via, o modelo de negócio é uma ferramenta muito mais dinâmica e adaptável do que o plano de negócio. O modelo de negócio se tornou difundido entre as pessoas com o livro Business Model Generation, escrito pelo holandês Alex Osterwalder e outros especialistas. No modelo de negócio o foque não é estruturar todas as variáveis com o máximo de detalhes, mas sim entender a oportunidade de mercado encontrada e propor uma solução viável, normalmente usado em Startup. Nesse quesito, o modelo de negócio se torna muito mais ágil para se elaborar do que o plano de negócio.

Em apenas algumas horas, fazendo um brainstorming, podemos fazer um modelo de negócio e ter uma visão mais ampla da cara do negócio. Enquanto isso, o plano de negócio demora meses para ser feito, em alguns casos até semestres.

O melhor desse modelo, é que ao construir você gera novas ideias e pode mudar completamente o foco que você tinha ao começa-lo. Ele faz sua criatividade aguçar. Você vai precisar de apenas uma folha para construir basicamente o mesmo que em um plano de negócios em uma forma mais rápida e específica. Ela é útil para qualquer empresa em qualquer estágio. A ferramenta  é usada mais no seu cotidiano, então afirmamos que não substitui um plano de negócios, mas esse mapa que irá construir vai facilitar sua vida, pois, caso deseje mudar, ou fazer alguma alteração em determinada categoria é só mudar o post it e prosseguir. Para melhor visualização indicamos que você use cor diferente para cada elemento. Se quiser, é possível fazer virtualmente o canva, esses sites possuem ferramentas que permitem essa opção. Outra dica muito válida, é fazer o preenchimento do modelo de negócios canvas, com a sua equipe.  A criatividade dos projetos podem ultrapassar as expectativas.

Os principais pontos abordados pelo modelo de negócio são os seguintes:

  • Proposta de Valor: Ela serve para representar o que a empresa pode oferecer ao cliente e porque ela se diferencia do seu concorrente. Seja exemplificando vantagens, alternativas que vão fazer o seu cliente solucionar aquele problema e sair satisfeito, entenda sempre o que está incomodando o seu cliente e porque ele não está satisfeito.
  • Segmento de Clientes: O perfil do seu cliente vai ser essencial para que você entenda o que ele quer alcançar. Você vai preencher como essas pessoas utilizam seus produtos, o que elas buscam,  todas as características dela, assim, você saberá o que vender para cada cliente.
  • Relacionamento com o Cliente: Todo contrato e parcerias devem haver um bom relacionamento para melhor produção.  Tente seguir esse passo a passo: conquiste os clientes, retenha os cliente e ampliae vendas para ele.
  • Canais: Separe os canais.  As propostas de valores são levadas aos clientes através de canais de comunicação, distribuição e vendas.  Essa etapa é essencial!
  • Atividades Chave: . São os processos que você irá utilizar, como desenvolver um software, marketing e produção.
  • Parceiros Chave: Eles têm se tornado cada dia mais comum como peça fundamental dos modelos de negócio, criar parcerias para otimizar os negócios, reduzir os riscos e até adquirir recursos é fundamental.
  • Estrutura de Custo:  Você vai organizar os custos mais importantes que envolve o seu negócio. Preencha os custos fixos e custos variáveis  para que após você saber a sua estrutura de custo você possa calcular sua receita.

Modelo de negócio ou plano de negócio: Conclusão

medelo-plano-negocioTanto o plano de negócio, quanto o modelo de negócio têm suas utilidades. Em uma perspectiva de construção de um novo empreendimento, a melhor alternativa seria utilizar o modelo de negócio em um primeiro estágio. Com o modelo de negócio será possível refletir sobre as principais oportunidades e desafios, sem gastar mais do que uma semana para executá-lo. Feito o modelo de negócio e com o empreendimento em estágio um pouco mais avançado, podemos optar em fazer um plano de negócio, já que essa ferramenta será muito mais precisa para evitar surpresas desagradáveis, prever o fluxo de caixa e até mesmo convencer um possível investidor!

Para melhorar o desempenho do seu investimento , confira aqui tudo sobre Startup.

 

[Total: 3    Média: 4.7/5]