Como fazer um Planejamento Estratégico Empresarial efetivo?

Saiba já como criar um planejamento estratégico empresarial efetivo para reduzir gastos e destacar sua empresa no mercado!O Planejamento Estratégico Empresarial é imprescindível para conquistar os objetivos do seu negócio, organizando diversos aspectos de sua empresa. E você, empreendedor engajado, sabe que a organização é um dos atributos mais importantes que definem o sucesso de um negócio!

Portanto, continue a ler o nosso conteúdo para aprender a destacar sua empresa no mercado, aumentar suas vendas e conquistar mais clientes!

O que é Planejamento Estratégico?

Planejamento estratégico é o método que auxilia empresas a realizarem decisões e escolhas positivas para os negócios. Esse método tem foco na distribuição de recursos de uma empresa, durante um período determinado.

Portanto, o planejamento estratégico pode ser feito com foco no ano seguinte, por exemplo. Assim, um grupo de profissionais definem metas, estabelecendo meios e objetivos a fim de alcançar essas metas.O Planejamento Estratégico Empresarial pode reduzir custos e otimizar a produtividade das equipes envolvidas!

Além disso, esses profissionais definem também um orçamento para realizar essas metas, com foco nas mais necessárias e inovadoras.

A partir disso, o planejamento estratégico empresarial deve ser desenvolvido por meio de um grupo de pessoas. É bastante interessante que esse seja um trabalho que envolva todas as equipes de uma empresa.

Assim, unindo diversos grupos de pessoas com focos diferentes em um mesmo negócio, há um maior engajamento. Por isso, pessoas diferentes possuem visões e perspectivas diferentes, resultando em ações e metas inovadoras e efetivas!

Sendo assim, qualquer negócio, independente de seu segmento e área de atuação, deve realizar um Planejamento estratégico. Continue lendo para saber quais são as vantagens agregadas ao seu negócio a partir desse método!

Quais as vantagens de fazer um Planejamento estratégico empresarial?

Existem diversas vantagens de realizar um planejamento estratégico empresarial. Portanto, vamos apresentar os principais benefícios para que você conheça esse processo!

Auxilia na organização de um negócio

A ausência do desenvolvimento de um planejamento estratégico empresarial faz com que uma empresa não defina metas. E, com isso, ela não sabe como pretende melhorar e se destacar no mercado.

Além disso, o planejamento estratégico empresarial fortalece a cultura e a identidade de uma empresa. Isso resulta na otimização dos diferenciais dentre os concorrentes.

É possível que, à medida que a sua empresa cresça, a cultura e a identidade não sejam mais o foco de seus negócios. Entretanto, a identidade de uma empresa é um importante fator decisivo na experiência de um usuário ou na compra de um consumidor.

Otimiza o alcance de objetivos

Como já informamos, o planejamento estratégico empresarial tem foco na criação de metas. Mas, além disso, ele auxilia uma empresa a alcançar metas e conquistar objetivos.

Assim, um planejamento estratégico define caminhos e ações práticas, relevantes e efetivas para conquistar esses objetivos.

Fortalece o conhecimento de uma empresa

Se uma empresa não se conhece, é praticamente impossível que ela seja um sucesso no mercado.

Em qualquer segmento, é imprescindível que uma empresa conheça claramente a sua identidade. É necessário que ela saiba quais as suas forças, fraquezas e diferenciais, bem como novas oportunidades que possam surgir no mercado.

Para trabalhar a marca e a identidade um negócio, diversas empresas de sucesso, como o Airbnb, Nubank, Coca-Cola, entre outros, investem em Branding!

Além de destacar uma empresa no mercado, o Branding otimiza a experiência dos clientes e aumenta as vendas de um negócio!

Une equipes e colaboradores

Como você já sabe, o planejamento estratégico empresarial deve incluir todas as equipes e profissionais de um negócio. Esse não é um quesito obrigatório, entretanto, é imprescindível se você deseja um planejamento organizado e efetivo.Para que o planejamento estratégico empresarial seja efetivo, é imprescindível a participação de diversos colaboradores de todas as áreas de uma empresa!

Portanto, se todos os colaboradores de seu negócio conhecem a identidade de sua empresa, a produtividade das equipes será otimizada!

Isso ocorre porque, já que todos estão imersos na cultura de uma empresa, eles sabem como trabalhar e qual o verdadeiro objetivo a ser conquistado.

Além disso, se todas as equipes se unem para realizar o planejamento estratégico de forma constante, elas se tornam uma unidade, colaborando a fim de realizar um determinado objetivo comum à todas as equipes e profissionais.

Portanto, todos os colaboradores irão se sentir responsáveis pelo crescimento de um negócio, buscando sempre a otimização do alcance de metas organizacionais!

Como fazer um planejamento estratégico para sua empresa?

Como você já sabe o que é e quais as vantagens de desenvolver um planejamento estratégico empresarial  vamos apresentar as etapas para criar um planejamento estratégico empresarial efetivo para seus negócios!

Fortaleça a Identidade de seu negócio

É imprescindível definir a identidade de seu negócio, já que ela define diversos aspectos da sua empresa, como, por exemplo:

  • A identidade visual (paleta de cores, logomarca, etc);
  • A forma de comunicação com seus clientes e leads;
  • Estratégias de crescimento frente aos concorrentes;
  • A relação entre a marca de um negócio e os colaboradores dessa empresa;
  • A forma como os consumidores enxergam uma empresa.

A partir disso, a identidade de uma empresa tem como base: Missão, Visão e Valores.

A Missão de uma empresa é o motivo da origem de um negócio. Ou seja, o motivo de existência de uma empresa.

A Visão refere-se aos aspectos que uma empresa visa obter; é o que uma empresa pretende se tornar.

Os Valores são os princípios e os ideais que orientam o comportamento e o trabalho dos colaboradores que procuram alcançar os aspectos da Visão.

Portanto, se a identidade de seu negócio é fortemente presente frente aos colaboradores e também consumidores, o seu negócio se destaca entre os concorrentes no mercado. Assim, você transforma sua identidade em um diferencial competitivo!

Conheça seus Stakeholders 

Após a definição e fortalecimento da identidade de sua empresa, é o momento de conhecer as pessoas que afetam e são afetadas por seus negócios. Esse grupo de pessoas é conhecido como stakeholdersIdentifique e conheça quem são os stakeholders de seu negócio para criar um planejamento estratégico empresarial.

E como os stakeholders são imprescindíveis para o sucesso de uma empresa, conhecê-los torna-se uma tarefa essencial no desenvolvimento de um planejamento estratégico empresarial.

Portanto, você pode primeiramente identificar os seus clientes. Ou seja, todas as pessoas que consumem seus produtos e contratam seus serviços. Saiba quais são as necessidades e os interesses desses clientes. Conheça suas expectativas e considere seus feedbacks para que você otimize sua empresa frente a esse grupo de stakeholders.

Além dos clientes, é imprescindível ter em mente como stakeholders os funcionários e colaboradores de sua empresa. Eles são fundamentais para o bom funcionamento e progresso de seus negócios.

Portanto, conheça as opiniões, pontos de vistas e ideias de seus stakeholders para que o seu planejamento estratégico empresarial seja efetivo!

Trabalhe o Mapa Estratégico

O Mapa Estratégico (que segue a metodologia Balanced Scorecard) visa estabelecer as estratégias do planejamento. Ou seja, o mapa estratégico é utilizado durante a transição do planejamento estratégico empresarial para a execução das ações e metas.

Esse mapa tem como base a perspectiva, vista de quatro diferentes âmbitos: Financeiro, de Clientes, dos Processos Internos e da Organização.

Essas perspectivas ajudam a definir a relevância de cada área e cada indivíduo dentro de seu negócio.

Perspectiva Financeira

A Perspectiva Financeira é responsável por identificar as fontes de receitas de uma empresa. Assim, essa perspectiva distingue a faturação originária de clientes recorrentes ou de novas vendas realizadas.

Além disso, essa perspectiva determina o mínimo necessário para pagar despesas de uma empresa e ainda gerar lucro para o negócio. Portanto, a Perspectiva Financeira trabalha o equilíbrio financeiro de um negócio, considerando vendas, custos, despesas e o lucro de uma empresa.

Perspectiva de Clientes

Empresas que possibilitam boas experiências para seus clientes possuem perspectivas positivas sobre sua marca, atraindo ainda mais clientes!A Perspectiva de Clientes refere-se à experiência do consumidor com o seu negócio. Ou seja, a satisfação dos clientes com relação à uma determinada marca ou empresa.

E essa satisfação depende basicamente de três princípios: Oferta, Relacionamento e Atendimento.

A partir da otimização desses princípios, a perspectiva dos clientes com relação ao seu negócio também é otimizada!

Perspectiva de Processos Internos

Trata das responsabilidades, ações e expectativas de cada área de uma empresa. Essa perspectiva define as relações entre essas áreas para o bom funcionamento da empresa.

Perspectiva da Organização

Essa perspectiva é responsável pela otimização da cultura, identidade e valores de uma empresa.

Além disso, a Perspectiva da Organização também trata do capital da informação, que compreende as informações e dados de uma empresa.

Portanto, essas perspectivas presentes na construção de um mapa estratégico resultam na otimização da criação do planejamento estratégico empresarial de um negócio!

Liderança é imprescindível

O líder é imprescindível para o sucesso do desenvolvimento do planejamento estratégico empresarial!A partir dessas perspectivas, tem-se uma etapa bastante importante do processo de criação do planejamento estratégico empresarial : a presença de um líder!

Durante o desenvolvimento de um planejamento estratégico, o líder é responsável por motivar a equipe participante. Além disso, o líder, a fim de obter melhores resultados para o planejamento, trabalha pela união e criatividade da equipe. 

Com um líder pró-ativo, profissional e conhecedor de uma empresa, o seu planejamento estratégico pode ser colocado em prática com mais facilidade!

Coloque em prática!

A criação do planejamento estratégico consiste bastante na definição e estabelecimento de metas, prazos, recursos, etc. Entretanto, um planejamento estratégico deve ser trabalhado de forma prática, já que, após finalizado, deve ser colocado em prática.

Portanto, não trabalhe apenas para estabelecer metas. Trabalhe para alcançá-las!

Analise métricas e indicadores de sucesso

Analise as métricas e indicadores de sucesso para garantir que seu planejamento estratégico empresarial seja efetivo!Por fim, é imprescindível analisar o seu trabalho na criação do seu planejamento estratégico empresarial. Assim, você e sua equipe compreenderão melhor os resultados de seus esforços.

Somente a partir da análise de métricas e dos indicadores de sucesso, você saberá quais ações foram efetivas, para que sejam trabalhadas constantemente. Além disso, você também descobre quais ações e objetivos não foram alcançados ou não foram relevantes para sua empresa.

A partir disso, você conhece mais ainda o seu público e a sua empresa, compreendendo quais estratégias funcionam melhor para cada objetivo de seu negócio!

Principais ferramentas para criar um planejamento estratégico empresarial efetivo

Para completar ainda mais seus conhecimentos sobre planejamento estratégico empresarial, vamos apresentar agora as ferramentas que visam auxiliar e otimizar esse trabalho.

Análise SWOT

A Análise SWOT é uma ferramenta bastante utilizada por diversas startups e empresas de sucesso. Essa análise apresenta a possibilidade de identificar diversos fatores essenciais de um negócio.

SWOT refere-se a:

  • Strenghs (Forças);
  • Weaknesses (Fraquezas);
  • Opportunities (Oportunidades);
  • Threats (Ameaças).

Trabalhe a análise SWOT durante a criação de planejamento estratégico empresarial para conhecer ainda mais o seu negócio!

Portanto, a análise SWOT define esses quatro essenciais tópicos de sua empresa. As forças e fraquezas referem-se ao ambiente interno de uma empresa. Ou seja, elas se referem a tudo que você pode controlar. Já as oportunidades e ameaças são quesitos do ambiente externo de seu negócio e, portanto, estão fora do controle de seu negócio.

Olha só o conteúdo completo que a BeeStart criou para você sobre como trabalhar a análise SWOT em sua empresa!

Forças de Porter

A partir da Análise SWOT, é interessante analisar os seus concorrentes a partir das Forças de Porter.

Criado por Michael Porter, essa ferramenta visa analisar 5 forças:

  1. Rivalidade entre seus concorrentes;
  2. Poder de barganha de seus fornecedores;
  3. Poder de barganha de seus clientes;
  4. Ameaça dos novos concorrentes;
  5. Ameaça dos novos produtos e serviços que surgem no mercado.

Rivalidade entre seus concorrentes

Primeiramente, você deve ter em mente o seu mercado de atuação. Nem todos os mercados possuem diversos concorrentes e um grande número de clientes.Conheça seu mercado de atuação e fortaleça sua identidade empresarial para obter vantagem competitiva sobre seus concorrentes!

Portanto, existem alguns segmentos em que a demanda não é alta ou pode se tratar de um mercado em declínio.

Sendo assim, estude o mercado de atuação de seu negócio. Analise seus concorrentes, perceba como eles atuam no mercado e como eles se comunicam com os clientes.

Perceba também quais são os diferenciais deles e como eles são trabalhados a fim de conquistar clientes.

Poder de barganha de seus fornecedores

O poder de barganha dos fornecedores é responsável por definir a influência de seus fornecedores em seus negócios.

Portanto, se você atua em um segmento de mercado em que há grande número de consumidores, você precisa aumentar sua produção e distribuição para conseguir competir com seus concorrentes. Ou seja, se há forte demanda, há a necessidade de grande matéria-prima disponível para que a produção seja alta.

Assim, dependendo de seu segmento, é interessante entrar em acordo com seus fornecedores.

Caso seu mercado não possua um grande número de fornecedores, é provável que eles irão cobrar mais caro pelos produtos. Entretanto, se trata-se de um mercado com alto número de fornecedores, eles provavelmente irão competir entre si, baixando os preços e realizando acordos com empresas!

Poder de barganha de seus clientes

Agora que você sabe como funciona o poder de barganha de seus fornecedores, fica bem mais fácil compreender esse novo princípio.

O poder de barganha de seus clientes também depende da categoria de competição do mercado. Se um mercado possui uma grande quantidade de empresas concorrentes, o controle se posiciona entre os consumidores.

Entretanto, se há uma ausência de concorrentes, além de forte demanda dos consumidores, o controle retorna às empresas! Assim, elas podem definir preços, tendências, etc.

Ameaça dos novos concorrentes

Em cada segmento de mercado há uma variação no grau de dificuldade para novos concorrentes. Tenha como exemplo os e-commerces.Esteja atento aos novos concorrentes que possam surgir em seu segmento de mercado.

Grande parte dos e-commerces já surgiram como plataformas de compras online e, devido a isso, não sofrem dificuldades de mudanças iguais às empresas físicas. Os custos de operação e funcionamento são menores, por exemplo.

Entretanto, devemos pensar também nos mercados que exigem altos investimentos, como nos segmentos de indústrias automobilísticas, químicas, nucleares, etc. Novos concorrentes dessas áreas precisam analisar bastante esses mercados antes de realizar investimentos.

Ameaça dos novos produtos e serviços que surgem no mercado

A globalização, a popularização da internet e a mudança do analógico para o digital são alguns exemplos de ameaças que não resultam de concorrentes.

Tendências que surgem a cada dia são também ameaças e devem ser tratadas como fatores importantes em seu negócio. Empresas que não se adequam à inovação passam a ser consideradas ultrapassadas, perdendo força entre os concorrentes e consumidores.

Mesmo empresas globais se preocupam com essas ameças e tendências. Veja o Google, por exemplo. A empresa que praticamente domina seu segmento e não possui concorrentes tão fortes quanto ela, inova constantemente.

ScopiO Scopi é um software que agiliza e otimiza o processo de desenvolvimento de um planejamento estratégico empresarial!

O Scopi é um software que auxilia a criação de planejamento estratégico empresarial. Ele integra todos os dados de projetos, pessoas, receitas, processo e tarefas em um lugar.

Além disso, o Scopi monitora as metas e objetivos definidos, avisando os profissionais sobre o progresso dos projetos.

Curva de Valor

A Curva de Valor se trata de um gráfico que faz parte da estratégia Blue Ocean, apresentado no livro “A Estratégia do Oceano Azul” criado por W. Chan Kim e Reneé Mauborgne.

Esse gráfico representa o desempenho de um determinado mercado. Nele, insere-se dois atributos principais: o valor de um produto ou serviço para os clientes e as empresas de mesmo segmento. A partir disso, basta propor notas para cada valor analisado, como design, preço, distribuição, etc. Por fim, você só precisa construir a curva de cada empresa analisada para obter sua curva de valor.
Portanto, agora basta colocar seu novo conhecimento em prática para reforçar seu aprendizado e otimizar seus negócios significantemente. Para complementar seus conhecimentos, que tal aprender sobre como o Marketing de Relacionamento pode aumentar suas vendas?
[Total: 0    Média: 0/5]