Quais as vantagens dos Pólos Tecnológicos para seu negócio?

Conheça o que são pólos tecnológicos e quais são os principais e mais relevantes no Brasil!Você já ouviu falar do Vale do Silício localizado na Califórnia, certo? Esse vale é um dos principais pólos tecnológicos do mundo!

Sendo assim, sabemos o quanto esse lugar gera lucros para o país: originando e movimento empresas como Google, Apple, Intel, Facebook, Twitter, Netflix e vários outros!

Entretanto, muitos empreendedores não sabem que o Brasil também possui outros pólos tecnológicos como o vale na Califórnia!

Portanto, continue a ler nosso conteúdo para saber quais são esses pólos tecnológicos e como eles podem alavancar seu negócio no mercado!

Primeiramente, você sabe o que é o Vale do Silício?

Para começar o nosso assunto, vamos apresentar um pouco sobre o Vale do Silício, já que é um do pólos tecnológicos mais relevantes no mundo!

Sendo assim, o nome Silício veio em comum ao uso em muitas placas e transistores utilizados em computadores. Esse vale se formou com uma grande quantidade de empresas que acabaram se desenvolvendo no mesmo tempo.

Assim, a partir da construção oficial do pólo, startups e empresas começaram a migrar para esse vale, fortalecendo a qualidade dos produtos e serviços, otimizando a visibilidade de seus negócios no mercado americano e, atualmente, também no mercado mundial!

Veja as principais marcas e empresas que alavancaram seus negócios no Vale do Silício!

Pólos tecnológicos do Brasil, entenda a grande importância:

O Brasil conta diversos um pólos tecnológicos relevantes. Portanto, diversas empresas de sucesso se originaram nesses ambientes de empreendedorismo!

Existem vários lugares que são excelentes para quem quer começar uma empresa e não sabe como ou onde. E selecionar um ambiente para lançar sua startup é uma etapa essencial para otimizar a oportunidade de sucesso de seu negócio!

A BeeStart criou essa postagem a fim de que você conheça novas oportunidades para o seu negócio! A partir da informação desse conteúdo, você poderá encontrar apoio e aumentar suas chances de sucesso!

Para dar início, é importante saber que essas regiões brasileiras estão caminhando para se tornarem os futuros polos tecnológicos do país. No entanto, com algumas características diferenciadas do próprio Vale.

A primeira diferença é com relação aos investimentos. Para se tornar o grande pólo que é atualmente, o Silício contou com investimentos financeiros! A universidade de Stanford, por exemplo, realizou altos investimentos para aprimorar os campos de pesquisa do Vale! Assim, o desenvolvimento e sucesso do vale pôde ser aprimorado de forma rápida e efetiva!

Já no Brasil, esses tipos de investimentos não são recorrentes assim. Investimentos universitários em campos de pesquisa são raros. Assim, os investimentos financeiros são, geralmente, realizados por grandes empresas, investidores anjo ou por investidores venture capital.

Veja quais são e onde estão os pólos tecnológicos do Brasil!

Conheça os parques e pólos tecnológicos do Brasil!

Quais são os principais Pólos Tecnológicos no Brasil?

Nós já conversamos acima sobre alguns dos pontos importantes de tecnologia no Brasil. Portanto, agora vamos citar alguns dos polos tecnológicos para aumentar seus conhecimentos!

Parque Tecnológico de Belo Horizonte

O Parque Tecnológico de Belo Horizonte (BHTEC), é um dos principais pólos de inovação da cidade. Além disso, Minas Gerais tem sido destaque como um pólo de desenvolvimento tecnológico nacional e internacional!

O Estado é bastante focado na produção de novas Startups. Sendo assim, o BHTEC visa o desenvolvimento e a aceleração de empresas, a fim de atrair cada vez mais novos empreendedores para a região!

Além do BHTEC, há dois outros importantes lugares que têm uma visão mais aguçada de empreendedorismo: o SEED e a Incubadora de empresas da UFMG (Inova).

Até o início do ano de 2019, a BeeStart era empresa residente da Incubadora Inova! Lá, nós recebemos apoio para nos desenvolver e crescer ainda mais. Atualmente, nossa empresa reside no BHTEC!

Caso você tenha interesse em saber mais sobre o que fazem esses lugares, confira nossa postagem sobre a diferença entre incubadoras e aceleradoras!

Para aprofundar um pouco mais sobre os pólos tecnológicos de Belo Horizonte, vamos explicar brevemente a atuação desses lugares!

O SEED é uma aceleradora. Ele investe capital para que os empreendedores iniciem sua vida de empreendedor no mercado. Além disso, o SEED ajuda com todo o processo de contabilidade, reuniões, gestão e network para você ter apoio ao lançar seu projeto no mercado. Ele já acelerou 73 startups, sendo que 20 já foram para o exterior.

Já a Inova é uma incubadora de empresas. Isso significa que ela te oferece o local para sua empresa se instalar, além de auxiliar na gestão, contabilidade e alguns recursos para sua empresa funcionar. Entretanto, o investimento financeiro parte de você ou de um investidor anjo por exemplo.

San Pedro Valley

Esse é um dos vários pólos tecnológicos do Brasil que fica localizado no bairro São Pedro, em Belo Horizonte. A San Pedro Valley abriga mais de 180 empresas, 4 aceleradoras, 7 incubadoras e 15 espaços coworking!

Esse pólo é tão importante que foi impulsionado pela instalação do Google! A partir disso, muitos empreendedores perceberam o real valor do Valley e instalaram suas empresas e startups lá também!

Portanto, o Valley é uma boa oportunidade para você que deseja começar um negócio, principalmente se for de Belo Horizonte. Assim, você terá uma vasta oportunidade de escolha!

Geralmente, muitos empreendedores (as) desejam começar suas empresas na Savassi em Belo Horizonte, pois dizem que é o bairro onde tem mais procura e recorrência das empresas. Entretanto, quem é de BH sabe muito bem que residir nessa região requer um alto investimento financeiro.

Sendo assim, se sua empresa não estiver estável no mercado ou se você ainda deseja economizar um pouco esse, o polo tecnológico San Pedro Valley pode ser uma boa escolha!

Veja onde estão os principais pólos tecnológicos de Minas Gerais!

Conheça a localização dos parques tecnológicos do estado de Minas Gerais!

Parque Tecnológico da Universidade Federal do Rio de Janeiro

O Parque Tenológico da UFRJ já possui 11 anos de atuação focada à áreas de energia e petróleo. Entretanto, atualmente ele já recebe outras empresas de segmentos diferentes. Nesse parque estão alojadas mais de 45 empresas, sendo 12 potenciais empresas e 26 Startups na incubadora da universidade.

Com a vinda da Petrobrás para esse pólo, foi o impulso que ele precisava para dar início ao aglomerado de tecnologia naquela região e fazer parte do grupo de outros polos tecnológicos do Brasil.

Portanto, o Parque Tecnológico da Universidade Federal do Rio de Janeiro já é considerado um ambiente propício para que novas empresas se formassem e a inovação desse continuação!

Parque Científico e Tecnológico da PUCRS

Localizada no Rio Grande do Sul em Porto Alegre, esse parque é um dos pólos tecnológicos de extrema importância! O Parque de RS pode ser equiparado ao centro de TI americano!

Entretanto, ele abriga outras empresas que atuam em diversos outros segmentos de mercado. Lá no parque residem cerca de 120 empresas. Dentre elas, encontram-se grandes potencias como a DELL e a HP. Além de serem ótimos atrativos de investidores, elas são uma importante fonte de contribuição da tecnologia e do emprego na região.

Dentre as 120 empresas, há negócios pequenos, como muitas Startups em desenvolvimento, além de empresas grandes, com alto desenvolvimento e estabilidade.

Vocês já devem ter percebido que as universidades, na maioria dos pólos tecnológicos estão envolvidas como grandes parceiras, certo? E dessa vez não foi diferente.

A universidade de RS está envolvida em diversos projetos, atuando no mercado e agregando alunos com foco no empreendedorismo. Portanto, nem precisamos falar o quanto isso é benéfico para a carreira dos estudantes e para o mercado brasileiro, não é mesmo?

Parque Tecnológico São José dos Campos

O Parque Tecnológico São José dos Campos é um dos pólos tecnológicos que se encontra perto de grandes instituições como o ITA , a FATEC e a UNIFESP. Ele é o maior centro tecnológico voltado para área aeronáutica do Brasil.

Lá, ele abriga 25 pequenas empresas, além de diversas potentes multinacionais que, em conjunto, geram muitos inovação e empregos para diversos técnicos e para engenheiros. A fatura do parque chega, em média, a cerca de 40 milhões anuais!

Portanto, e bacana ficar sempre atento a esse pólo tecnológico, já que sempre há oportunidades de empregos por lá!

Por fim, esperamos que o nosso post tenha contribuído para você conhecer um pouco sobre os polos tecnológicos do nosso país e esclarecer algumas dúvidas e aproveitar o máximo com esse conhecimento. Uma ótima dica é dar uma lida em nosso post sobre parcerias comerciais, aprenda como elas podem beneficiar sua empresa.

[Total: 4    Média: 2.8/5]